UNG | Ser Educacional
27 Dezembro
Guarulhos
Alunas da '15º Viagem Técnica: uma vivência multidisciplinar' a bordo do Navio Costa Fascinosa.
Por Cláudia Parra

O setor de cruzeiros marítimos demanda mão de obra qualificada e a experiência de uma viagem técnica pode levar muitos jovens estudantes a segmentar a carreira da Hotelaria Marítima. O projeto, pioneiro no Brasil, trata-se de uma viagem técnica especifica para estudantes de Turismo, Hotelaria e Lazer.  

O Curso de vivência a bordo foi composto por palestras com a tripulação, abordando as principais áreas do navio, visita monitorada as áreas internas e back stage do navio, como cozinha, governança, área exclusiva a tripulantes, etc. Os alunos participantes receberam certificado de 20 horas reconhecidos pela agência organizadora, tripulação do Costa Crocciere e Companhia dos Mares.

A aluna Jessica Dayane, do 4º semestre do curso de Turismo falou sobre a experiência: “A viagem foi ótima, tanto como turista, quanto como estudante, já que é uma viagem totalmente diferente por ser em um equipamento turístico que é também um meio de transporte e um meio de hospedagem. Neste curso pudemos ver como é o dia a dia do navio e assim saber como será a realidade de trabalhar lá, que é totalmente diferente para quem é passageiro.”

 

 

 

27 Dezembro
Guarulhos
Professora do curso de Turismo assume cadeira no Conselho Municipal de Turismo de Guarulhos (COMTUR)
Por Cláudia Parra

Na primeira quarta-feira do mês de dezembro (7), a Profª. Claudia Parra recebeu o convite para representar as Instituições de Ensino de Turismo da cidade no Conselho Municipal de Turismo de Guarulhos (COMTUR), o que contribui para manter o networking com o trade turístico e identificar oportunidades de inserção dos nossos alunos em mercado de trabalho.  

O turismo vende expectativas prazerosas. Para que a cidade possa oferecer um cenário que corresponda às expectativas geradas é necessário que esta se prepare e esteja em consonância com o Turismo. O maior eixo de debate atualmente do Conselho é discutir o potencial e viabilidade do turismo na cidade, onde podemos contribuir e muito para o fomento desse setor no município.” comenta a professora. 

O COMTUR surge para aperfeiçoar os trabalhos relacionados com o Turismo, e, para isso, seus membros ou representantes devem participar ativamente de todas as atividades do município que abordem a arte de argumentação mediante o uso de opiniões correntes na sociedade.

27 Dezembro
TURISMO
A vocação do curso para desenvolver Planos Diretores de Turismo para municípios no interior paulista
Por Cláudia Parra

O turismo, de modo geral, está inteiramente ligado ao espaço municipal, já que é exatamente deste território que os turistas se apropriam. Ainda que a área urbana não seja o único território do turismo, pode, sem dúvida, ser a mais importante, visto que a cidade é o lugar, por excelência, do conjunto do encontro sociocultural. O ambiente em escala municipal, sobretudo o urbano, possui regras a serem cumpridas, pois nele trabalham e moram pessoas que, antes de tudo, merecem ser felizes. Assim, o processo de planejamento do turismo, disciplina importante e de grande relevância no curso, deve buscar traduzir alguns desses desejos e vontades em princípios e diretrizes gerais que, por sua vez, deverão ser alcançados mediante o cumprimento de regras e por meio de instrumentos de gestão, buscando oportunizar um ambiente 'harmônico' e superar problemas existentes levando em conta os potenciais sociais, econômicos e ambientais.

Ao considerar esses potenciais para a superação de problemas, e com foco no desenvolvimento local, a atividade turística vem sendo apresentada, constantemente, como alternativa para um desenvolvimento socialmente mais justo, economicamente mais viável e ecologicamente mais correto.

A grande ênfase dada ao planejamento municipal diz respeito ao desenvolvimento urbano e ao equilíbrio ambiental em uma preocupação constante com a necessidade de preservação, para legar às gerações futuras uma cidade que ofereça todas as condições de vida saudável e bem estar aos munícipes.

Com base nessa teoria e nas tendências de mercado, o curso de turismo da UNG fez e faz parcerias e convênios com Prefeituras Municipais do interior paulista para desenvolver o Plano Diretor de Turismo do município, no qual os estudantes - na disciplina de Planejamento e Organização do Turismo - têm a oportunidade de experimentar na prática todo o processo de realização e análise de um planejamento municipal turístico, sempre com apoio dos gestores públicos da cidade.

Em 2016, a cidade beneficiada com o Pdtur foi Bom Jesus dos Perdões, com a entrega do plano em dezembro.  Para o próximo ano, o município considerado é Biritiba Mirim, uma microrregião de Mogi das Cruzes com 30 mil habitantes.

Acreditamos que um curso deva ser compreendido de experiências, vivências e ensaios, principalmente o de Turismo. 

Confira nossa galeria!

26 Dezembro
TCC 2016
Cursos premiam melhores projetos experimentais em JORN. e P.P
Por Flavia Daniela

Troféus de melhor TCC do ano e certificados de destaque acadêmico. Esses foram os prêmios entregues aos primeiros e segundos colocados no Concurso PEX 2016, uma iniciativa dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda da UNG que desde 2015 prestigia os melhores projetos experimentais. Nesta edição, ao todo, 18 trabalhos  (13 em Jornalismo e cinco em Publicidade e Propaganda) concorreram à premiação. 

O vencedor do curso de Jornalismo foi a grande reportagem de TV: "Foi a lama que passou em nossas vidas: a tragédia do Rio Doce um ano depois", das alunas Gabriela Guiselini e Cibele Vieira, que viajaram à Mariana (MG) e aos povoados vizinhos e mostraram em vídeo os efeitos do acidente ambiental do ponto de vista social, econômico e ecológico. A orientação foi da Profa. Ms. Flávia Delgado. Já o segundo colocado, orientado pela Prof. Ms. Vânia Coelho foi o livro-reportagem "Imprensa: as perspectivas do seu papel na política brasileira", escrito pelo aluno Antônio Henrique Pinheiro.

Em Publicidade e Propaganda, a disputa pelo troféu de campeão foi bem acirrada. Mas levou a melhor a campanha da Agência Informandos, cujo cliente foi o Supermercado Sublime. O grupo vencedor é formado pelas alunas Eliza Bianchezi, Ranielly Frozino, Juliana Francioni, Jéssica Oliveira, Camila Simões, Guilherme Diniz e Bianca Ramos. O segundo colocado foi a Agência Beaver e ambos os trabalhos tiveram orientação do Prof. Fábio Martins. 

Nos cursos da área da Comunicação Social, o aluno é desafiado a produzir no último semestre (8º) um projeto experimental de caráter teórico-prático. No Jornalismo, é possível produzir monografias, livros reportagem, documentários ou grandes reportagens em TV ou Rádio. Já em Publicidade e Propaganda, a proposta é produzir uma campanha publicitária completa para clientes do mundo real. Todos os trabalhos são submetidos à banca pública de avaliação final. 

"A premiação dos TCCs consiste em um estímulo e incentivo aos nossos alunos e acaba sendo uma vitrine para o que de melhor produzimos em nossos cursos. Além disso, também nos ajuda a delinear os projetos com mais chances de serem inscritos em concursos acadêmicos de projeção regional e nacional do ano seguinte, como o Expocom, a exemplo do que aconteceu esse ano, quando vencemos este prêmio na categoria melhor campanha publicitária da região sudeste, desbancando outras tradicionais faculdades de Publicidade, como ESPM e Mackenzie", conta a professora Flávia Delgado, coordenadora dos cursos.  

Confira as premiações em nosso vídeo!

01 Dezembro
Entrevista
UNG Notícias Fala com o novo prefeito de Guarulhos
Por

Confira, no vídeo abaixo, a entrevista do UNG Notícias com Guti, o prefeito eleito da cidade de Guarulhos.

30 Novembro
Empregabilidade
Quais habilidades da inteligência emocional que chamam mais a atenção dos empregadores?
Por Taísa Silveira

A capacidade de desenvolver a inteligência emocional tem sido de grande importância no mercado de trabalho, desde os primeiros estudos publicados sobre o tema pelo psicólogo PhD. Daniel Goleman, em 1995, em sua obra intitulada Inteligência Emocional. 

É bem verdade que tanto a habilidade técnica quanto a comportamental são importantes para o sucesso na carreira de qualquer profissional, e cada vez mais o mercado de trabalho global vem exigindo mais dos candidatos a vagas de empregos.  

Há pouco tempo, ser um especialista de qualquer área técnica garantia ao profissional um lugar no competitivo mercado de trabalho. Hoje isso não é mais suficiente, sendo exigidas outras competências, dentre elas a capacidade de relacionar-se bem no ambiente de trabalho e acadêmico. 

O alto desempenho na vida acadêmica é de extrema importância, mas, no mercado atual, os melhores empregadores estão em busca de um plus: querem profissionais graduados e com habilidades interpessoais bem desenvolvidas. Nas grandes organizações estão acrescentando testes de inteligência emocional em seus processos seletivos.  

Responda as seguintes perguntas e, em seguida, pense como anda a sua inteligência emocional: 

  • Você costuma estar consciente de seus sentimentos? 

  • Você está consciente de suas limitações, bem como de suas forças? 

  • Consegue lidar bem com suas emoções negativas? 

  • Consegue se adaptar com facilidade a mudanças? 

  • Você mantém o foco em seus objetivos? 

O ideal é que as respostas sejam “sim” para todas essas perguntas.

A inteligência emocional não acontece de fora para dentro e sim de dentro para fora e também não está atrelada à experiência profissional. As competências de inteligência emocional podem ser aprendidas e aperfeiçoadas, tudo depende de sua escolha e disposição em desenvolvê-las, e o autoconhecimento irá ajudá-lo a refletir sobre o conjunto de forças e limites pessoais.  

E os melhores empregadores do mundo não são apenas os mais exigentes, mas também estão em busca dos melhores profissionais que também possuam a inteligência emocional bem desenvolvida. 

Para garantir sua empregabilidade no mercado de trabalho é preciso ter foco no desenvolvimento sólido e consciente de suas habilidades relacionais e aplicá-las em seu dia a dia. Comece já sua jornada de autoconhecimento!

 

30 Novembro
Empregabilidade
Currículo incrível: a maior porta de entrada para o mercado de trabalho
Por Taísa Silveira

Com tantas pessoas disputando vagas no mercado de trabalho, é importante que os profissionais em busca de oportunidades saibam valorizar suas qualificações para se destacar dos concorrentes.
 
É fundamental que o currículo do candidato demonstre seus diferenciais de forma clara e objetiva. Atualmente, as empresas estão abrindo mão dos processos seletivos tradicionais, e estão buscando candidatos em plataformas online de hospedagem de currículos. Sabendo disso quem procura emprego precisa saber como usar a tecnologia a seu favor.  
 
O Grupo Ser Educacional possui uma ferramenta inteligente de oferta de vagas chamada Portal de Carreiras, que filtra, entre todos os candidatos cadastrados, somente aqueles que estiverem de acordo com as características e qualificações necessárias para a vaga disponível. Esta tecnologia é ótima tanto para o candidato quanto para o recrutador, porque cada um dos lados descreve de forma simples e direta o que procura, e a plataforma conecta candidato e empregador, garantindo uma seleção rápida e eficaz.  
 
O Portal de Carreiras é uma ferramenta muito eficaz e que funciona como vitrine para os candidatos às vagas disponíveis no mercado. É fundamental que aqueles que estejam em busca de uma oportunidade saibam enfatizar em seu currículo seus pontos fortes para conseguir maior destaque entre os demais. 
 
Para ajudar quem está pleiteando uma vaga a montar um currículo que valorize suas potencialidades, elencamos cinco pontos que não podem faltar no currículo, e podem destacar o profissional entre os demais candidatos:  
 
Formação acadêmica. Evidencie cursos de especialização voltados para a sua área de atuação e domínio de outros idiomas. Esses são grandes diferenciais. Formação é a base de um bom currículo, especialmente para quem possui proficiência em outros idiomas. É importante que, mesmo não sendo fluente, o candidato indique se está fazendo um aprimoramento em língua estrangeira. Este já é um grande começo. 
 
Resultados obtidos e desenvolvimento de projetos. Destaque suas conquistas em empregos anteriores que valorizam e diferenciam o seu desempenho profissional. 
 
Conhecimentos de informática. Muitas profissões exigem conhecimentos técnicos e ter o domínio destas ferramentas digitais é de extrema relevância. 
 
Ressalte as empresas de renome as quais você já passou. Valorize suas experiências em empresas conhecidas pelo grande público. Ter passado por empresas solidificadas no mercado causam uma boa impressão e saltam aos olhos dos empregadores.  
 
Aponte viagens realizadas para o exterior. Viagens feitas para outros países, seja a trabalho ou para estudo, devem ser destacadas pois sempre trazem uma bagagem cultural e profissional diferenciada. 
 
Mas não basta saber o que valorizar na hora de construir o currículo, é preciso saber também o que não deve ser mencionado. Por isso vamos mostrar cinco pontos que devem ser evitados para não desfavorecer quem procura um novo emprego: 
 
Não valorize pontos fracos. Se o conhecimento em alguma área for básico, não o mencione. Isso pode fazer com que o entrevistador perca o interesse no restante do currículo. 
 
Seja objetivo. Não repita informações em todas as empresas no campo de descrição das atividades. Seja específico e claro na descrição das atividades que desempenhava. 
 
Não se mostre indisponível. Se não possui disponibilidade de horário e viagens, e a empresa ainda não solicitou estas informações, não destaque no currículo. Você pode parecer inflexível. 
 
Seja claro. Especifique a área/vaga que está se candidatando. 
 
Direcione o currículo. Quando estiver se candidatando para vagas específicas, evite dedicar muito espaço do currículo para experiências que não contribuam para a atividade daquela oportunidade. 
 
Seja cuidadoso com seu currículo, ele é a sua porta de entrada para o mercado de trabalho. 

19 Agosto
Atenção
Informativo FIES
Por Taísa Silveira