UNG | Ser Educacional
09 Junho
ASBRAD
Curso de Serviço Social recebeu jovens atendidos pelo Projeto Gaia
Por Adriano Pereira

No dia 26 de maio de 2016 recebemos aproximadamente 30 jovens atendidos pelo Projeto Gaia, este projeto é realizado pela ASBRAD, tendo como premissa atender adolescentes em medida socioeducativas em meio aberto em Liberdade Assistida e Prestação de Serviços a comunidade.

Na ocasião da Visita o curso de Serviço Social desenvolveu atividades voltadas para prevenção ao uso de drogas e substâncias psicoativas. Os cursos de Direito e Gastronomia também estiveram na apresentação de seus laboratórios aos adolescentes. A atividade realizada em parcerias com a ASBRAD têm a finalidade de provocar nos adolescentes o gosto pelos estudos, em sua maioria estão cursando o ensino médio ou terminaram os estudos. 

 

 

 

19 Maio
Celebração
Dia do Assistente Social é comemorado pelo Curso de Serviço Social da UNG
Por Adriano Pereira

No dia 18/05/2017 o curso de Serviço Social realizou uma atividade para comemorar o dia do Assistente Social. O evento contou com a participação da convidada Profa. Dra. Marcia Moussalem, que tratou do assunto da reforma da Previdência Social. 

Os alunos participaram ativamente do debate e compreenderam a conjuntura atual da reforma previdenciária proposta pelo Governo Federal. A palestrante percorreu uma trajetória em que discorreu sobre o assunto de forma bastante conceitual e contextualizou os prós e os contras e ainda apresentou caminhos para que possamos analisar individualmente, inclusive nos ajudou a pensar como podemos multiplicar em nossa sociedade as informações.

Entendemos que esta proposta nos garante um retrocesso aos direitos sociais para a classe trabalhadora, na qual nós Assistentes Sociais defendemos a garantia dos direitos conquistados e do publico alvo que pode ser mais afetado com a reforma proposta mulheres e jovens.

19 Maio
Atividade
Escola de Cidadania realizada pelo curso de Serviço Social certifica 160 jovens
Por Adriano Pereira

O projeto Escola de Cidadania, realizado na cidade de Guarulhos pelo curso de Serviço Social, finalizou o ciclo de formação com a primeira escola a receber o projeto, a Escola Municipal Manuel Bonfim encerrou as formações com aproximadamente 160 jovens e adultos certificados pelo projeto.

Os participantes das oficinas avaliaram de forma satisfatória as atividades desenvolvidas e muitos interessados pelos temas e assuntos tratados.

Lembrando que o projeto Escola de Cidadania visa oferecer gratuitamente para alunos do ensino médio (2º e 3º graus) - Três OFICINAS para formação em cidadania. Todas tem duração de 2 horas, as quintas e sábados e tem como referência os PCN's do Ensino Médio.

19 Maio
Ação
Projeto Diálogos Sociais no Alto Tietê terá parceria da Defensoria Pública
Por Adriano Pereira

No último dia 17 de maio de 2017, o Prof. Coordenador do Projeto Diálogos Sociais realizou uma reunião com o Sr. Anderson, Defensor Público da Região do Alto Tietê, para a construção de parceria para a realização de um curso de Gênero e Maculinidades para os municípios da região. Mais um passo significativo do Projeto na região. 

Lembrando que a proposta do projeto visa construir espaço de extensão universitária, estágio acadêmico, trocas de saberes, consultoria e supervisão em políticas públicas sociais; possibilitando espaço de encontro e formação avançando no conhecimento mútuo e de troca, pensando juntos com atores locais, desafios e possibilidades na colaboração da universidade para implementação das Políticas Públicas Sociais na região do Alto Tietê.

23 Março
Novidade
Secretaria de Assistência Social de Guarulhos será parceira do Curso de Serviço Social
Por Adriano Pereira

A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social da Cidade de Guarulhos recebeu a coordenação do Curso de Serviço Social da Universidade Guarulhos, com a finalidade de estreitar ações em conjunto no âmbito de extensão, estágios e possíveis consultoriais na área da política social.

Secretário Sr. Arão e o Diretor de Assistência Social,  Sr. Alex, ficaram bastante entusiasmados com a possibilidade da parceria. Estabelecemos ações iniciais de extensão como um curso em Educação Social.

O encontro indicou que a Universidade poderia estabelecer uma aproximação com a prefeitura, principalmente no ofececimento de descontos nas mensalidades para os servidores municipais. Foi destacado ainda o processo que estão vivendo na Secretaria de organização e planejamento das ações, reforçando, porém, que em breve voltaremos a estabelecer ações mais consolidadas.

 

23 Março
Novidade
Parceria estabelecida com a Coordenadoria da Igualdade Racial da cidade de Guarulhos
Por Adriano Pereira

No dia 17/03/2017 houve uma reunião com a Coordenadoria da Igualdade Racial da Cidade de Guarulhos para viabilizar a implantação do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiro, Indígenas e Povos Tradicionais. Diante das conversas, surgiu a possibilidade de atividades e projetos de responsabilidade social. 

Com isso, ficamos de pensar em projetos nos territórios da cidade de Guarulhos, tendo em vista ações de formação em direitos humanos e empregabilidade com a finalidade de reduzir os indicadores de mortes de jovens negros da cidade de Guarulhos. 

A proposta possui o objetivo de atuar em quatro territórios na cidade de Guarulhos, beneficiar 120 adolescentes e jovens com as ações, aproximar o jovem da vida acadêmica, entre outros. As ações iniciarão no bairro dos Pimentas.

Sempre pensando no futuro da cidade e no projeto-etico-político da formação profissional do Assistente Social, buscamos parcerias que ajudem a pensar o extra muros da Universidade e possibilitem campos de atuação dos profissionais de Serviço Social.

Participaram da reunião o Coordenador da Igualdade Racial Anderson Guimarães, Adriano de Oliveira - Coordenador do Curso de Serviço Social e duas discentes representando o Centro Acadêmico do curso Wanderleia Garcia e Gabrielle Toledo.

 

 

23 Março
Evento
Mesa de Debate sobre o Dia Mundial para eliminação da Discriminação Racial será realizada no dia 24/03/2014
Por Adriano Pereira

No Brasil, em pleno século XXI, tratar sobre a questão da discriminação racial faz-se necessário, pois em uma sociedade em que existem muitos incômodos sobre  o quesito cor é bastante comum, visto claramente nos espaços ocupacionais em nossa sociedade, sejam eles nas universidades, na posição de liderança das grandes empresas, governos, entre outros, destaque ainda maior quando se trata da questão de gênero - mulher, negra e pobre, isso torna-se ainda mais agravante. 
 
Pagamos um preço por uma sociedade alicerçada em base patriarcal dominada por brancos, e que, ainda paga um preço muito caro pelos dias sombrios de escravidão vividos no Brasil e no mundo. No entanto, tratar destas questões no âmbito da acadêmia é fundamental, principalmente para que nossos alunos tomem consciência sobre esta questão, lutem nos espaços que serão ocupados em suas escolhas profissionais, seja ela a área do conhecimento qual for, com um olhar diferenciado, e possam ainda provocar debates em espaços de incidências política para que o tema se fortaleça na agenda política de prioridades orçamentárias das culturas tradicionais e na questão racial, assim como sensibilizar os diferentes pesquisadores para que possam gerar conhecimento cientifico sobre os esteriótipos colocados à questão, assim como aumentar a produção do conhecimento.
 
Esta atividade marca a inauguração do NEABIT - Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros, Indigenas e Povos Tradicionais. Para a realização deste evento e participação no núcleo, contamos com a parceria da Coordenadoria da Igualdade Racial de Guarulhos e do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros da Unifesp.
 
No dia 24/03/2017 será realizada uma mesa redonda sobre a temática.
Confira:
DIA INTERNACIONAL PELA ELIMINAÇÃO DA DISCRIMINAÇÃO RACIAL.
 
Abertura: Roda de Capoeira - curso de Educação Física da UNG.
 
COMPOSIÇÃO DA MESA:
 
JULIO Cezar de Andrade, Assistente Social, especialista em família e sistema infanto protetivo, Unicsul, Mestrando do Programa de Serviço Social e Politicas Publicas da Unifesp, Conselheiro Tutelar (2011-2016), Diretor do CRESS de (2014 á 2017).
 
REGIS Negro, Pedagogo de formação, militante do movimento negro e atua no fomento e debate das politicas públicas em especial ações afirmativas.
 
Profº. CLEBER Mestre em História (UNESP Franca) DOUTOR em Educação - USP E Coordenador do Núcleo de Estudos Afro Brasileiro da UNIFESP. 
 
Profª MABEL Assis, Assistente Social e Mestra em Antropologia Social – PUCSP, Docente na Faculdade Paulista de Serviço Social,  Gerência Técnica da Coordenadoria da Igualdade Racial e Presidenta do COMPIR – Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial.
 
Profº ANDERSON Guimarães, Fisioterapeuta, Sanitarista, Coordenador da Igualdade Racial.
 
Profº Me. Adriano de Oliveira - Coordenador do Curso de Serviço Social da UnG.
 

 

27 Dezembro
'Educação se Constrói com Participação'
Estudantes e professores realizam ato a favor da Educação no Brasil
Por Adriano Pereira

No dia 20 de novembro de 2016, os alunos e professores do curso de Serviço Social se organizaram para realizar uma caminhada solidária, cujo objetivo foi manifestar sobre o processo de participação social na Educação do Brasil. Assim, em pleno movimento nacional de reestruturação do ensino médio contra a PEC 55, aprovada pelo Congresso Nacional, os alunos e professores entenderam que seria necessário ter um posicionamento do curso sobre o modo como foi operado para a aprovação do projeto de lei, por entender que “educação assume diferentes sentidos que vão variar de acordo com os sujeitos envolvidos, suas experiências e interpretações. E é justamente por comportar os mais diversos significados que tal termo desponta como um espaço de embates políticos que adotam, como pano de fundo, projetos distintos de sociedade”.

Mas entende-se que o papel primordial em tempos de crises e debates é compreender que a educação de qualidade se constrói com participação, fato que não ocorreu neste caso. Portanto, acredita-se que educadores e os operadores do sistema educacional do país devem ser ouvidos, assim com os próprios estudantes, portanto como nada foi dialogado resultou em diversas ocupações em escolas e espaços públicos como forma de demonstrar que o jovens e estudantes querem ser ouvidos. Confira a galeria de fotoa abaixo:

09 Junho
Evento
Curso de Serviço Social recebe Mc Linn da Quebrada na Jornada Científica
Por Adriano Pereira

Na abertura da Semana de Jornada Ciêntífica do curso de Serviço Social, realizado no dia 24/05/2017 as 19h recebemos a Linn para falar sobre a questão de raça e sexualidade, o tema debatido foi extremamente rico e importante para fortalecer as pesquisas realziadas no âmbito do curso.

As atividades e a programação damjornada ciêntífica contou com a abertura oficial do evento pelo Núcleo de pesquisa sobre Gênero, Raça, Etinia e Sexualidade. Exposição de Banners das pesquisas realziadas pelos alunos do 6º semestre e durante a semana ocorreram várias bancas de apresentações de trabalhos aos núcleos de pesquisas com especialistas convidados e como colegiado de professores que compões os seguintes núcleos:

1 - Formação e Prática Profissional

2 - Familia, criança, adolescentes e violências

3 - Envelhecimento

4 - Gênero, Raça, Etinia e Sexualidade

5 - Políticas Sociais e Movimentos Sociais

19 Maio
Parceria
Professor do Serviço Social toma posse no conselho Regional de Serviço Social de São Paulo 9ª Região
Por Adriano Pereira

Professor do Curso de Serviço Social da UNG toma posse no Conselho Regional de Serviço Social de São Paulo 9º Região, aproximar o curso dos órgão de fiscalização e controle da profissão possibilita que estejamos antenados e mais preparados com as tendências da profissão no cenário atual. Diante do contexto atual da profisão será importante para a UNG e para o curso esta representação de um de nossos professores.

Páginas