UNG | Ser Educacional
06 Setembro
ARTIGOS
Alunos da UNG aprovam artigos em revista de logística
Por Antonio Estender

ALUNOS DA UNIVERSIDADE GUARULHOS APROVAM ARTIGOS NA REVISTA DE LOGÍSTICA DA FATEC-CARAPICUÍBA

 

Mostrando o potencial dos alunos da UNG- UNIVERITAS quem vem estimulando alunos e professores a se aproximarem da pesquisa científica, trabalhos orientados pelo professor Mestre- Antonio Carlos Estender, alunos da UNG- UNIVERITAS no curso de Administração, aprovaram seus respectivos artigos acadêmicos na REVISTA DE LOGÍSTICA DA FATEC-CARAPICUÍBA, que tem como missão concentrar a produção acadêmica da área de logística em um ponto de referência que apresenta práticas e abordagens, atuando como um canal de discussão e destaque das temáticas mais relevantes do contexto contemporâneo. Abaixo estão os trabalhos aprovados e os respectivos alunos. A UNG dá os Parabéns a todos os alunos que com trabalho e dedicação buscam solucionar os mais diversos problemas que ocorrem nas organizações.

 

·         SIMULAÇÃO DO PROCESSO DE DESCARREGAMENTO DE UMA TRANSPORTADORA

Lucílio Caraibeira da Silva

·         A LOGÍSTICA REVERSA COMO VANTAGEM COMPETITIVA NA RECICLAGEM DE PALETES

Syamara Jhenifer Paricahua Palabra

·         O PLANEJAMENTO NA ROTEIRIZAÇÃO DE ENTREGAS

 Edilene de Souza Lealdini Morais 

21 Agosto
Atenção
Artigos aprovados para publicação no XIV SIMPEP
Por Antonio Estender

è com muita satisfação que comunico a todos que o curso de Administração da UNIVERITAS-UNG teve um de seus artigos aprovados para publicação no IV SIMPEP (Evento Qualis A), que acontece todos os anos na Universidade Estadual Paulista (UNESP). Esse congresso tem grande visibilidade nacional e internacional. O aluno da UNIVERITAS-UNG, Phillipe Melanias Furlanias, do 8º semestre de administração, trabalhou arduamente junto ao seu orientador. 

Com o título: O impacto do atendimento digital para o cliente bancário, o trabalho se propõe a compreender as percepções dos stakeholders sobre o atendimento digital e o seu impacto para o cliente bancário. Para a aplicação prática, visa também solucionar problemas específicos, como o de aumentar a satisfação do cliente bancário em relação ao atendimento e teve boa repercussão junto à comunidade acadêmica. 

 

 

Tags: 
30 Maio
ARTIGO
Alunos de pós-graduação em Análise Geoambiental publicam pesquisa
Por Fernando Perna

Orientados pelo professor Reinaldo R. Vargas, os alunos Marise Cotta Machado, Maria Aparecida da Silva e Thiago Engels, do programa de pós-graduação em Análise Geoambiental da UNG, publicaram na edição de maio da Revista Principia o artigo intitulado "Uso de sementes de Moringa Oleífera (LAM) no tratamento de efluente têxtil".

A Moringa oleífera é uma árvore nativa do noroeste da Índia cultivada em diversas partes do mundo, como África, Américas Central e do Sul, Índia, Sri Lanka, México, Malásia e Filipinas. Considerada uma das árvores cultivadas mais úteis, presta-se a diversas aplicações, como alimentar, cosmética, produção de corantes, papel e biodiesel. Particularmente importante, e foco do trabalho do grupo, é o uso do extrato das sementes como agente coagulante na purificação da água - ótimo alternativo aos agentes químicos usuais devido aos menores custo e impactos ambientais.

O grupo estudou o desempenho do extrato aquoso da semente da Moringa oleífera na remoção de quatro diferentes tipos de corantes têxteis, classificados como dispersos, ácidos, básicos e reativos. Verificou-se que o extrato é bastante eficiente na remoção dos corantes têxteis, exceto para o tipo catiônico; também se observou que a atividade coagulante do extrato persiste por até três dias de armazenagem à temperatura ambiente, importante por possibilitar o preparo de uma quantidade maior de extrato, viabilizando a sua utilização.

17 Abril
ARTIGO DE OPINIÃO
Alunos produzem artigo sobre Operação Carne Fraca
Por Regina Celia

Na disciplina Gestão de Operações em Importações e Exportações, alunos do curso de Comércio Exterior Arthur Marcandali, Eveson Lira, Sophia Landgraf e Thomas Lichtenberger escreveram um artigo de opinião sobre a Operação Carne Fraca, sob orientação do Professor Marcel Andrade Domingues. Confira o resultado na íntegra abaixo:

"Os reflexos da Operação Carne Fraca no comércio exterior

Posteriormente a divulgação de irregularidades nos frigoríficos no Brasil, alguns países importadores como China, União Europeia e Coreia do Sul noticiaram restrições temporárias à entrada de carne brasileira. Consequentemente o Brasil, segundo maior produtor de carne bovina e subsequentemente principal exportador se alerta com os reflexos negativos evidenciados na operação Carne Fraca.

A operação da Policia Federal, intitulada de Carne Fraca, que aconteceu no dia 17/03/2017 investigou um esquema de recebimento de propina por parte de funcionários do Ministério da Agricultura para liberação sem a devida fiscalização de carne para venda. Dentre as irregularidades apuradas, há possibilidade de produtos vencidos e até adulterados terem sido comercializados.

Logo após a divulgação de tais irregularidades, o mercado externo se posicionou de maneira preventiva, e muitos países suspenderam a importação de carne vinda do Brasil. Dentre eles estão os países que mais importam a carne brasileira como Hong Kong 23,90 mil toneladas, China 15,10 mil toneladas e União Europeia 6,5 mil toneladas, dados de fevereiro de 2017.

O reflexo direto dos bloqueios da importação de carne bovina brasileira foi demonstrado nas vendas externas do setor, que no dia 21/03/2017 somou apenas 74 mil dólares, o que corresponde a quase zero perto do movimento habitual do setor que até o dia da divulgação das irregularidades possuía média diária de 63 milhões de dólares. A Associação de Comercio Exterior calcula perda de US$ 2,7 bilhões neste ano, e queda de 20% na exportação do produto.

O prejuízo vai além das perdas de vendas externas, existe a preocupação com os produtos que estão parados nos portos brasileiros e com as cargas que já estão no mar, já que não se sabe se poderão ou não entrar nos países de destino. A União Europeia, por exemplo, anunciou que devolverá ao Brasil os carregamentos das empresas que estejam envolvidas na fraude, já a China por sua vez decidiu reter em seus portos as cargas de carne vindas do Brasil até que esclarecimentos do governo brasileiro sobre as irregularidades sejam avaliadas. O governo federal agiu rápido e entrou em contato com os países que suspenderam a importação, interrompeu as exportações dos frigoríficos investigados e anunciou novo regulamento de inspeção de alimentos.

Quem se beneficia com essas notícias são os países concorrentes na exportação de carne bovina, como a Argentina que vê com grande expectativa a oportunidade de ampliar sua participação no mercado. Situação contrária à ocorrida em 2001, quando a Argentina escondeu um surto de aftosa que após vir à tona, lhe fechou vários mercados pelo mundo. Mas o governo federal brasileiro se apoia na probabilidade dos embargos pelos países importadores durarem pouco tempo, dada à importância do Brasil no mercado internacional e o fato de que não há países que possam suprir a demanda rapidamente.

Diante do cenário apresentado, avalia-se o impacto na credibilidade dos produtos brasileiros exportados, uma vez que os países importadores estudam medidas mais rigorosas para a entrada de mercadorias brasileiras. Uma delas seria o fortalecimento das verificações documentais e físicas. Desse modo não só os grandes exportadores de carne bovina brasileira seriam afetados, mas todo exportador brasileiro sendo ele de pequena, média ou grande empresa. Restando assim a dúvida de quanto tempo levará para que o mercado externo volte a ter confiança na importação de produtos do Brasil e qual será o prejuízo final para o consumidor brasileiro."

03 Abril
Artigo
Leitura Complementar: Contabilidade e a sociedade
Por Anselmo Milani

Prof. César d"Arienzo discorre sobre o comportamento da sociedade em relação a profissão contábil  com o tema Será o formalismo fiscal atribuído à Contabilidade?

Continue a leitura.

 

Anexo: 
Tags: 
03 Abril
Artigo
Leitura complementar: Progresso Pessoal
Por Anselmo Milani

O Prof. Inácio Dantas Ferreira apresenta os principais pontos para o desenvolvimento pessoal.

Segue a leitura.

Anexo: 
09 Janeiro
Guarulhos
Aprenda a fazer artigos científicos. Participe do Capacita UNG- Bonsucesso
Por Antonio Estender

Elaborar artigos é uma tarefa que auxilia no desenvolvimento de capacidades importantes, como as habilidades de análise, raciocínio crítico e expressão escrita. Diante disso,  o professor e coordenador dos cursos de Administração, Logística e Recursos Humanos da UNG unidade Bonsucesso, Antônio Carlos Estender, vem desenvolvendo uma série de atividades com o intuito de incentivar a produção científica entre alunos e professores da instituição. O docente está promovendo um curso dentro da programação do Capacita, inteiramente gratuito, na Unidade Bonsucesso, para dar dicas de como publicar seu trabalho em congressos e revistas cientificas.

As produções são de diversas áreas, entre elas: Marketing, Gestão de Pessoas e Logística abordando temas relacionados à sustentabilidade, empreendedorismo e ao controle de estoque. O artigo intitulado “Controle de Estoque com sistema de informação e comunicação eficiente” ficou entre os 10 melhores artigos do congresso e recebemos certificado em um jantar de gala na cidade de Penedo no estado do Rio de Janeiro. Na ocasião, o professor Mestre Antônio Carlos Estender fez um discurso agradecendo a honraria em nome da UNG Universidade.

Procurar vincular os temas dos artigos às áreas de atuação profissional dos estudantes é de suma importância para o sucesso da empreitada. A estratégia vem surtindo resultados relevantes, como a aprovação de trabalhos em diversas revistas cientificas, congressos e simpósios de repercussão nacional e internacional.

Portanto, faça parte você também e se inscreva no curso: Como Montar um Artigo Cientifico, do dia 25/01/2017 na Unidade Bonsucesso da UNG Universidade!